Pages Navigation Menu
Adsense

Série Paris #03

Viajar com fotógrafo é… voltar pra casa com mais de 3 mil fotos para editar! É isso mesmo, ainda não terminei de editar as fotos das nossas férias em Paris, para começar a segunda etapa, que é definir os temas dos layouts. Então, nesta semana, vou mostrar a vocês como faço a edição e organização das minhas fotos — esse processo eu uso para todas as fotos, não somente as de viagem!

Como uma amiga minha disse essa semana, “edição é a arte do desapego”. E é mesmo! Para vocês terem uma ideia, estou jogando fora, deletando mesmo, de 100 a 120 fotos por dia de viagem. E podem ter certeza que ainda sobram muitas! Em cada lugar, tem a foto tradicional, outra um pouquinho mais pra direita, mais pra esquerda, com meio zoom, com zoom inteiro, um detalhe aqui, outro ali… enfim, é foto que não acaba mais! E não dá pra guardar tudo, senão nem um HD de terabytes aguenta!

Assim, a primeira coisa que eu fiz foi olhar as pastas de fotos dia por dia (quando eu descarrego da câmera no computador, já separo as fotos por Ano – Mês – Dia – Assunto) e fui deletando as que estavam meio tremidas, repetidas, não tão boas… A pergunta do desapego é: Eu gastaria dinheiro pra ampliar essa foto? Se a resposta for não, é lixo mesmo! Após essa primeira limpeza, fiquei com cerca de 2.600 fotos da viagem.

Agora, a próxima fase: organizar tudo no Adobe Bridge, para que eu possa encontrar as fotos facilmente sempre que quiser, sem ter de ficar percorrendo pasta por pasta.

Aprendi a usar esse software no workshop Library of Memories, da Stacy Julian, no Big Picture Classes. Aliás, esse curso é perfeito para quem quer aprender mais sobre organização de fotos e histórias para fazer as páginas de scrapbooking.

O Bridge é um aplicativo por meio do qual você visualiza as imagens que estão em seu próprio computador. Você não precisa fazer upload, nem importar as imagens. É só abrir as pastas em que elas se encontram para visualizá-las no programa.

O primeiro passo é abrir a pasta de fotos, selecionar todas elas e incluir as tags que achar necessárias. Eu separo meus álbuns por temas, então foi assim que organizei minhas tags. Veja abaixo:

Depois disso, eu coloco os dados de cada lote de fotos, identificando o local, as pessoas, enfim, o que eu achar necessário para encontrar a foto depois. Na verdade, é como se fosse a legenda da foto, além dos dados de quem fotografou (aqui é possível inserir o Copyright, por exemplo, importante para quem compartilha suas imagens na internet).

Para saber os nomes de todos os lugares, eu conto com a ajuda do meu Travel Journal, que mostrei aqui na semana passada. Sem ele, é quase impossível lembrar de tudo!

Por fim, eu faço o ranking das fotos, da seguinte forma:

  • 3 estrelas: as melhores fotos, aquelas que obrigatoriamente deverão estar em uma página de scrap, e podem render inclusive uma página de foto única
  • 2 estrelas: fotos que podem ser o foco de uma página; estão entre as melhores também
  • 1 estrela: fotos que podem ou não serem “scrappeadas”, complementando as fotos 2 estrelas
  • sem estrelas: aqui fica a grande maioria das fotos, aquelas que são um registro da viagem, mas que não precisam fazer parte de uma página

Para fazer esse ranking, clique em Ctrl+B e vá clicando, para cada foto, em Ctrl+1, Ctrl+2 ou Ctrl+3, conforme o número de estrelas que quer dar a cada foto. Nessa etapa, muitas vezes eu acabo deletando mais algumas fotos, limpando ainda mais o lote.

Bom, como podem ver, o processo é um tanto longo. Por isso, ainda vou levar muito tempo organizando todas essas fotos. Espero ter novidades pra mostrar pra vocês na semana que vem. Mas se tiverem alguma dúvida sobre o post de hoje, também podem perguntar, combinado?

Um ótimo final de semana a todas!

Be Sociable, Share!

Posts relacionados

468 ad
  • Bruna

    Rê,
    adorei!!
    eu ainda não tive coragem de usar esse programa…
    vc sabe me dizer se o sistema dele é igual ao do Picasa para a organização das fotos?
    Pq com o seu comentário me parece ser bem parecido…
    Outra pergunta: ele identifica todas as fotos do computador ou todos os arquivos em JPEG?
    Se for a última opção, tem como escolher a pasta que ele vai verificar?
    bjs
    Bruna

    • Renata Pacheco

      Oi, Bruna! O Bridge lê todas as imagens do computador, em JPG, TIF, PNG, GIF etc. Mas ele não junta tudo em um lugar só (a não ser que você crie uma pasta de pesquisa). Você vai abrindo pasta a pasta, escolhendo a que quer trabalhar.
      Quanto ao Picasa, eu não conheço direito, nunca usei, por isso não sei dizer se é semelhante. Bjs!

      • Bruna

        Oi, Rê!
        super obrigada!!
        pelo jeito ele é beeeem mais fácil que o Picasa : )
        Sei que tenho ele instalado no PC, vou testar por aqui.
        bj

Adsense
Adsense